domingo, 27 de novembro de 2011

POR ELA (A POESIA)

luto a luta sagrada
eu
eu mesmo
nenhuma pena
nenhuma espada

(Fabio Rocha)

OBS: Pela poesia de qualidade (e contra os sites péssimos dominando o Google, de que falei em outra postagem) estou continuamente estudando SEO sozinho e melhorando cada detalhe do site A Magia da Poesia. Agora acho que não saberia mais o que fazer. Resta esperar e deixar o tempo correr e desligar a mente e tentar voltar a meditar. :)

5 comentários:

Rebeca dos Anjos disse...

Que lindo!
De novo: que lin-do!

Fabio Rocha disse...

Obrigado, amor! :)

Ricardo Mainieri disse...

A luta sagrada, Fábio, se dá com as armas do amor, da compaixão e da solidariedade. O resto são crueldades do cotidiano. Abs. e parabéns pelo site renovado. Ricardo Mainieri

Unknown disse...

Excelente!

Buscar o melhor, sair de intrigas , enfim o bem é o caminho!

Parabéns!

Beijos

Mirze

Fabio Rocha disse...

Valeu!